Foto: Marcello Casal Jr / Agência Brasil


Criticado pelo presidente Jair Bolsonaro, o ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta confidenciou a aliados em conversas recentes que deseja deixar o cargo. A informação é da Coluna Painel, da Folha de S. Paulo.

Apesar disso, Mandetta afirmou, segundo relatos, que não vai pedir para sair e que vai deixar a decisão nas mãos de Bolsonaro a decisão de lhe tirar em meio à uma crise.

Na última quinta-feira (2), Bolsonaro foi entrevistado pela Rádio Jovem Pan e disse que "está faltando humildade" a Mandetta.

"Tá faltando um pouco mais de humildade pro Mandetta", disse o presidente. "O Mandetta em alguns momentos teria que ouvir um pouco mais o presidente da República", completou.