Mesmo com promessa de Bolsonaro, apenas 45 respiradores foram entregues para o Ceará

O presidente Jair Bolsonaro prometeu no Twitter enviar 180 respiradores ao Ceará para atender pessoas contaminadas com o coronavírus. Até agora, chegaram 45.

Para assegurar a entrega de 94 respiradores comprados pelo Estado à empresa Intermed, que foram confiscados pelo Ministério da Saúde, o governador Camilo Santana teve que apelar à Justiça.


O juiz federal Luís Praxedes estabeleceu multas diárias se o MS e a Intermed não cumprirem a decisão.

Em tempo

Camilo e o prefeito de Fortaleza, Roberto Cláudio, precisam salvar vidas.

Veja post

CN7