Presidente Jair Bolsonaro


Em conversa com jornalistas na chega ao Palácio do Planalto, nesta segunda-feira (20), o presidente Jair Bolsonaro não quis fazer comentários sobre o número de mortos pelo novo coronavírus no Brasil. Ao ser questionado sobre os óbitos, divulgados hoje (20) pelo Ministério da Saúde, ele disse não ser “coveiro” e mudou de assunto. De acordo com a pasta, foram um total de óbitos é 2.575.


O presidente falou sobre a flexibilização das medidas de isolamento. “O nosso prezado ministro (da Saúde) também é economista. Coincidência ou não, é um bom nome para estar à frente”, disse Jair Bolsonaro.


Também confirmou que Teich está com um estudo sobre a utilização de drogas, como a hidroxicoloroquina, para reduzir os impactos do coronavírus. Bolsonaro reiterou que 70% da população pegará o vírus. “Não adianta fugir dessa realidade. Ninguém contesta isso”, disse. As informações são da CNN Brasil.

CN7