O ponto mais preocupante no combate ao novo coronavírus (Covid-19) tem sido o número insuficiente de leitos de UTI com respiradores. A falta do equipamento deve levar ao cancelamento de quatro dos cinco hospitais de campanha anunciados pelo governador Camilo Santana (PT).


Na região do Cariri, o número de respiradores disponíveis para o tratamento dos doentes de alta complexidade é insuficiente, caso ocorra o aumento de infectados pelo novo vírus.


Ao Jornal do Cariri, gestores dos três municípios do Crajubar alegaram ter responsabilidade apenas com os doentes de baixa e média complexidade.

A alta complexidade estaria sob a responsabilidade do Hospital Regional do Cariri (HRC), que dispõe de apenas 50 leitos com respiradores no momento, com probabilidade de aumento para mais 35 leitos, conforme pronunciamento do governador Camilo Santana nesta segunda-feira.

Em Crato, são 26 respiradores disponíveis pelo SUS, com mais quatro em Juazeiro do Norte e 69 em Barbalha.

Leia a reportagem completa na edição desta semana do Jornal do Cariri:
CN7