Tráfego na Rodovia que liga as cidades de Quixelô a Solonópole só deve ser liberado em 10 dias
Um trecho da CE-375, rodovia que liga as cidades de Quixelô a Solonópole, no Centro-Sul cearense, permanece interditado por causa de uma cratera que se abriu em decorrência das fortes chuvas na manhã do último sábado (25).

Depois de quatro dias, operários da Superintendência de Obras Públicas (SOP) começaram a trabalhar na recuperação do trecho danificado. A previsão é de que a via seja liberada em até 10 dias.


Sem sinalização


Quem trafega pelo local reclama da falta de sinalização de que a rodovia está interditada. “Não sabia que ainda estava assim, sem desvios e sem condições de tráfego. Agora terei de voltar mais 40 quilômetros”, reclamou o aposentado Márcio Pereira. Ele seguia com a família de Várzea Alegre para Fortaleza e foi obrigado a retornar para ter acesso à CE-060, em Iguatu e seguir por Acopiara.


As queixas são frequentes no trecho. Motoristas que viajam de Solonópole em direção a Iguatu, ou de Iguatu em direção a capital cearense, contam que não há placas orientando sobre rotas alternativas. O trecho danificado da CE 375 fica localizado na zona rural do município de Acopiara, entre Quixelô e a localidade de São José de Solonópole.


Honório Barbosa
Diário do Nordeste