Foto: Reprodução / The Daily Mail


Com a turnê de despedida cancelada devido a pandemia do coronavírus, Elton John deixou de arrecadar cerca de £60 milhões, cerca de R$395 milhões. Mesmo com uma fortuna estimada em R$ 2,5 bilhões, o astro decidiu demitir colegas da banda e funcionários da mansão onde mora. 

As informações foram divulgadas pelo jornal britânico Daily Mail dizendo que Elton John estaria querendo fazer economias, já que, até agora, 34 datas de sua turnê Farewell Yellow Brick Road nos Estados Unidos sofreram cancelamento ou adiamento. 


Com isso, o cantor dispensou sua banda, pelo menos enquanto não houver previsão de retorno para os shows, incluindo o baterista Nigel Olsson e o guitarrista Davey Johnstone. Segundo o site, várias pessoas que trabalhavam na residência do astro na cidade de Atlanta, nos EUA, também foram demitidos. 

Inicialmente, os integrantes da banda foram informados que, com a suspensão da turnê, eles receberiam 80% dos salários através do governo britânico. Mas, Elton John decidiu que faria os pagamentos com dinheiro do próprio bolso. 

"A turnê estava prevista para ganhar mais de 60 milhões de libras este ano. Essa receita literalmente desapareceu da noite para o dia”, declarou uma fonte próxima ao artista. “Ninguém esperava isso”, acrescentou.

Outros 48 shows agendados da Farewell Yellow Brick Road, com previsão de acontecerem entre os meses de setembro a dezembro, também devem ter seus calendários afetados devido à pandemia.