Ação é uma tentativa de conscientizar a população sobre a adoção de medidas de proteção e higiene, que diminuem as chances de contaminação pelo novo coronavírus.


Estátua de Padre Cícero, no Ceará, recebe máscara para conscientizar sobre o coronavírus. 

A máscara foi instalada com a ajuda de um carro do Corpo de Bombeiros e três militares. — Foto: Edson Freitas/SVM

Pela primeira vez em meio século de história, a estátua do Padre Cícero, cartão-postal de Juazeiro do Norte, no Sul do Ceará, ganhou um novo adereço: uma máscara facial. Símbolo do combate à pandemia da Covid-19, o item de 2,8 por 2,4 metros foi colocado na tarde deste sábado (09), em uma tentativa de conscientizar a população sobre a adoção de medidas de proteção e higiene, que diminuem as chances de contaminação pelo novo coronavírus.


O Ceará é um dos estados com mais casos de coronavírus no país. Neste sábado, o número de mortes pela Covid-19 ultrapassou a marca de mil e o número de casos da doença já passa de 15 mil.


A máscara foi projetada pelo estilista Wellington Vieira, que inicialmente foi até a colina do Horto, onde está erguido o monumento de 27 metros, tirar as medidas.

“A partir daí fizemos um estudo sobre qual material usar”, conta. Depois disso, junto com mais quatro pessoas integrantes de um terreiro de candomblé, confeccionaram a máscara com poliéster. “Ideal para resistir à chuva, ao sol”, pontua.

Ao receber a proposta, o estilista encarou como um desafio. “Nós tivemos a garra para fazer justamente com esse papel de conscientização. A gente sabe que as pessoas de Juazeiro e do Cariri tem uma fé enorme, principalmente na figura do Padre Cícero”, exalta Wellington. A máscara foi instalada com a ajuda de um carro do Corpo de Bombeiros e três militares.

Inaugurada em 1969, a estátua de Padre Cícero é um importante ponto turístico da região do Cariri — Foto: Edson Freitas/SVM


O prefeito de Juazeiro do Norte, Arnon Bezerra, explica que a ação atende a uma sugestão de muitos moradores e romeiros que visitam a cidade para que desse visibilidade ao uso da máscara. “O impacto de ver o Padre Cícero com a máscara junta a ver fé cada um com uma ação que venha beneficiar a todos”, acredita.


Ceará ultrapassa as mil mortes por Covid-19 neste sábado

Além da estátua do Padre Cícero, outros monumentos de figuras religiosas, como Frei Damião e São Francisco, e históricas, como Seu Lunga, também receberão os itens de proteção.


“A ideia é sensibilizar toda a sociedade para que, neste momento, usem máscara”, acrescenta o secretário de Desenvolvimento Social e Trabalho, Sandoval Barreto.



Mas esta não é a primeira vez que a estátua do "padrinho" participa de campanhas sociais. Eventualmente, o monumento ganha cores como o rosa, que representa o “Outubro Rosa”, de prevenção e do diagnóstico precoce do câncer de mama e de colo do útero, ou o azul, evidenciando o “Novembro Azul”, mês de conscientização no diagnóstico precoce do câncer de próstata. Estas ações são feitas através de refletores.


A estátua do Padre Cícero foi inaugurada no dia 1º de novembro de 1969. Anualmente a estátua atrai, em média, 2,5 milhões de visitantes. Além de um importante ponto turístico da região do Cariri, com bela visão de Juazeiro do Norte, de cidades vizinhas e da Chapada do Araripe, também se tornou importante símbolo da fé romeira.

Por Antonio Rodrigues e Edson Freitas, G1 CE