No terceiro programa do especial junino do SVM, neste domingo (21), o romantismo estará presente em atrações de forró que começaram carreira nos anos 1990

Legenda: Tony Nunes e Michele Andrade comandam transmissão do especial junino do SVM
Foto: Kid Júnior

São João do Ceará Solidário Dendi Casa chega ao terceiro programa neste domingo (21), a partir das 18 horas. Brasas do Forró, Rita de Cássia, Noda de Caju e Forrozão Tropykália terão apresentações musicais transmitidas pela TV Diário, FM 93 e plataformas digitais do Sistema Verdes Mares.

A cantora e compositora Rita de Cássia, conhecida por letras como “Barreiras”, “Saga de Um Vaqueiro”, “Meu Vaqueiro, Meu Peão”, entre outras canções, comenta com alegria o convite para participar do especial junino do SVM: “Muito feliz de poder levar para a casa do meu povo o nosso forró”. 


Legenda: Rita de Cássia é nome aclamado no meio forrozeiro
Foto: Kalebe Oliveira




Natural de Alto Santo (CE), Rita de Cássia conquistou o mercado das composições do Nordeste nos anos 1990, levando a ascensão da pioneira banda de forró eletrônico Mastruz com Leite.Nas letras da compositora, o olhar para a vida do sertanejo e do povo do interior. A forrozeira ressalta que o São João do Ceará Solidário Dendi Casa, assim como as estrofes das canções escrita por ela, valorizam as tradições nordestinas.

“Mesmo pela TV ou internet, vamos ter essa oportunidade de cantar. Isso é único em um momento de isolamento social”, avalia Rita de Cássia. 








Quem também está animado com o especial junino do SVM é o cantor Carlinhos Gabriel, voz da banda Forrozão Tropykália. “Aonde Está Você”, “Planeta de Cortes” e “Você Fugiu de Mim” são alguns dos hits que estarão no especial junino. Na internet, a banda é uma das mais homenageadas com perfis de fãs.

A voz marcante de Carlinhos Gabriel é uma das mais homenageadas em imitações e covers na internet, além de muitos cantores incluírem no repertório músicas do Forrozão Tropykália nos setlist. 






“Esse quadro que estamos vivendo agora, com o coronavírus, causou mudança em tudo. Nunca tinha ficado tanto tempo sem subir em um palco. Está sendo diferente. O que está trazendo um conforto é justamente esse especial junino, a gente sabe que está cantando para muitos pessoas. Isso deixa a gente feliz”, comenta.
Legenda: A Tropykália é conhecida por versões internacionais em forró
Foto: Kalebe Oliveira


Na transmissão do São João do Ceará Solidário Dendi Casa, Carlinhos Gabriel adianta ter preparado, ao lado de Klebia Camargo, um bloco especial com letras juninas. “Não podemos deixar de cantar clássicos dos festejos juninos. Assim como no Carnaval, com as marchinhas tradicionais, neste período sempre colocamos nas apresentações pelo Brasil um bloco com letras que passaram por diversas gerações”.

Programação
O especial São João do Ceará Solidário Dendi Casa vai além da música. Após o fim de cada apresentação de forró, diferentes matérias estão sendo exibidas em quadros especiais. O “Meu Coração Junino”, por exemplo, conta a relação de cantores com as festas juninas e o “Quadrilhas do Ceará” ressalta esta forte tradição local. 






O humor nordestino não poderia ficar de fora. “Causos e Comédia” reúne apresentações de grandes nomes do humorismo cearense. Além disso,comediantes locais estarão presentes na edição deste domingo interagindo com os apresentadores Tony Nunes e Michele Andrade.

Tradições juninas 

A cantora Valéria Cavalcanti, ao lado de Juliana Braga, comanda os vocais da banda Noda de Caju. Neste domingo (21), elas cantarão sucessos do grupo de forró como “Rainha e o Rei”, “Pétalas Neon” e “Eu Me Enganei” na transmissão do São João do Ceará Solidário Dendi Casa.

Nordestina, natural de Garanhuns (PE), Valéria Cavalcanti começou a cantar com seis anos. De lembranças da cidade natal, ela guarda na memória afetiva o gosto do milho assado, o calor da fogueira na rua de casa e o balançado das quadrilhas. “Tudo isso é forte na memória do nordestino. Das festas que a gente faz todo ano, os festejos juninos são os mais aguardados pelos forrozeiros. É o nosso momento dentro da música”, avalia.

Valéria Cavalcanti conta ainda que, na adolescência, disputou vaga de Rainha do Milho, título concorrido dentro quadrilhas. “As meninas da minha cidade tinham que vender rifas em uma competição. A gente vestia a melhor roupa e fazia a melhor maquiagem. Tempo muito bom”.


Legenda: A banda Noda de Caju participa de grandes eventos nacionais, desde os anos 1990
Foto: Kalebe Oliveira



A vocalista lembra que a estreia da trajetória musical em um evento de São João foi ainda na adolescência, em Garanhuns. “Meu primeiro trabalho no período junino, como cantora, foi em cima de um caminhão com um amigo do meu pai. Eles montavam uma pequena estrutura em cima de caminhonetes. Naquele tempo não tinha grandes tecnologias”, revela Valéria Cavalcanti.






Do cardápio gastronômico junino, Valéria Cavalcanti também aponta diferenças de sabores. “No Ceará, o mungunzá é salgado. Na minha região é doce. Tudo isso acaba se completando entre os estados”, avalia. 
Quanto a participar do São João do Ceará Solidário Dendi Casa, ela declara alegria.

“Que bom que teremos esse momento. Estava triste, mas ganhei ânimo com esse especial junino”.



Sonoridade 

Brasas do Forró leva o vanerão ao São João do Ceará Solidário Dendi Casa

Assum Preto, Zé de Airton e Wesley Ribeiro apresentarão canções como “Irreverência” e “Todo Tempo é Pouco Pra Te Amar” no especial junino do SVM deste domingo (21). “É diferente fazer um São João virtual, porém prazeroso. Por conta dessa pandemia as pessoas estão presas em casa e ansiosas pra dançar um forró que é uma tradição. Nós, que somos artistas, temos o dever de alegrar as pessoas mesmo à distância. A internet e a TV estão ai para reduzir esse distanciamento”, comenta Assum Preto.

Solidariedade no especial junino 

O São João do Ceará Solidário Dendi Casa ajudará a Santa Casa de Fortaleza. Para a ação, foi criado o saojoaodocearasolidario.com.br. Todos podem manifestar apoio à causa, sem nenhum custo financeiro, por meio de um cadastro. Ao atingir a meta de 300 mil inscritos, os patrocinadores do evento farão doações financeiras. 

Podcast: cantores falam sobre festas juninas

O canal especial do São João do Ceará Solidário Dendi Casa conta com entrevistas em formato de podcast. Waldonys, Avine Vinny, Neto Leite (da Mastruz com Leite) e Zé Cantor foram alguns dos nomes que falaram sobre os festejos na infância e da primeira apresentação de São João da carreira. Escute em bit.ly/saojoaosvm.

Serviço
São João do Ceará Solidário Dendi Casa 
Neste domingo (21), a partir das 18 horas, participam Brasas do Forró, Forrozão Tropykália, Noda de Caju e Rita de Cássia. 
O especial junino do SVM será transmitido pela TV Diário (canal 22), rádio FM 93 e plataformas digitais do SVM. A programação seguirá com mais atrações no dia 28 de junho (domingo).

João Lima Neto, 
Diario do Nordeste