< O ônibus partiu de São Paulo e foi interceptado na BR 020

Agentes da Guarda Civil Municipal e do Pró-Cidadania, apreenderam na madrugada desta segunda-feira (08), um ônibus que fazia o transporte irregular de passageiros burlando o decreto do governo do estado em relação ao isolamento social por conta do Coronavírus.

Segundo os agentes que fizeram a apreensão do veículo, as equipes receberam uma denúncia que informava a chegada de um um ônibus da Empresa Faça Tour sediada no Rio de Janeiro, e que tinha sido alugado por uma empresa de Tauá para fazer a condução de passageiros de São Paulo, para os municípios de Tauá, Independência e Crateús.

O denunciante informava ainda que os passageiros, aproximadamente 50 pessoas, estariam desembarcando na BR 020, à altura entrada do Setor H do Perímetro Irrigado Várzea do Boi, e seguindo viagem em outros veículos de menor porte.

Após a denúncia os as equipes da Ronda Ostensiva Municipal (ROMU) e do Pró-Cidadania, interceptaram o ônibus que foi apreendido e conduzido à Delegacia.

Procedimento


Segundo o Delegado Regional de Polícia Civil Dr. Gisleian Lima, o ônibus conduzia 49 passageiros, sendo que no momento da abordagem 13 pessoas de Tauá estavam no interior do veículo e os demais já tinham seguido viagem em carros de pequeno porte para seus respectivos municípios.

O delegado autuou os dois motoristas no Artigo 268, da Lei 2848/40 por infringir determinação do poder público, destinada a impedir introdução ou propagação de doença contagiosa. Depois de assinar os TCOs, os motoristas foram liberados, mas o ônibus ficou retido no pátio da Delegacia.

Lindon Johnson