Olavo de Morais Barros, de aproximadamente 60 anos, foi atingido pelos disparos no momento que abriu o caixa do mercantil.


Dono de mercantil é morto a tiros no bairro Coité, em Caucaia, na Grande Fortaleza. — Foto: Brenda Albuquerque/ SVM

O proprietário de um mercantil foi morto a tiros ao ser atacado por falsos clientes no Bairro Coité, em Caucaia, Grande Fortaleza, na noite de quinta-feira (23). A vítima possuía um mandado de prisão em aberto por um homicídio ocorrido há 38 anos.


Conforme testemunhas, Olavo de Morais Barros, de aproximadamente 60 anos, abriu o estabelecimento localizado na Avenida 6, por volta das 15 horas. Indivíduos chegaram no local, fingiram que iriam fazer compras e quando a vítima abriu a gaveta do caixa foi atingida pelos disparos.

O comerciante estava sozinho no momento da ação. Ele não resistiu aos ferimentos e morreu dentro do mercantil. Os atiradores fugiram em seguida.

De acordo com familiares, o homicídio cometido por Olavo no ano de 1982 foi em legítima defesa. Além do comércio onde o crime aconteceu, a vítima também era dono de um mercantil no Bairro Capuã. Antes de morrer, o idoso não chegou a comentar com a família se estava recebendo ameaças.

Segundo populares, Caucaia tem registrado muitos casos de homicídios de comerciantes a mando de facções criminosas. O caso vai ser investigado pela polícia.


Por G1 CE